Publicado em: 15/05/2021 às 07:52

INSS: veja como cancelar descontos irregulares nas aposentadorias

Os aposentados e pensionistas do INSS que desconfiarem de alguma irregularidade nos benefícios, como descontos indevidos de associações nos contracheques, podem e devem fazer o pedido de exclusão da dedução que não tenha sido autorizada por eles.

O pedido de exclusão do desconto é feito, segundo o instituto por meio do site e/ou aplicativo Meu INSS (gov.br/meuinss), na internet, na opção Agendamento/Requerimento.

Depois de clicar em Novo Requerimento, o segurado precisa escolher Atualizações para manutenção do benefício e, por fim, o campo exclusão de desconto de mensalidade associativa. Dá para baixar aplicativo para celulares, disponível para Android e iOS.

Nesse período, muitos aposentados estão se dirigindo até os sindicatos em busca de informações sobre a realização da prova de vida, sendo que nesse momento os sindicalistas pegam a documentação dos beneficiários e pedem pra eles assinarem documentos que autorizam o sindicato a descontar o imposto sindical mensalmente da sua aposentadoria.

Na grande maioria das vezes os idosos não são avisados sobre esse desconto que vai acontecer mensalmente e sem falar que muitos destes sindicalistas alegam que os aposentados que não contribuir pode ter seu benefício suspenso, o que não é verdade.

Há vários anos os sindicatos dos trabalhadores rurais vêm fazendo “terrorismo” de desinformação com os aposentados. São vários tipos de afirmações levianas tais como: “se você não contribuir com o sindicato o benefício pode ser cancelado”, “que o governo federal vai acabar com as aposentadorias”, dentre outros.

Vale ressaltar que atualmente o trabalhador rural não precisa mais da intermediação dos sindicatos para conseguir uma declaração de sua atividade para poder se aposentar. Uma autodeclaração é suficiente para a pessoa ser enquadrada como trabalhador rural e ter direito à aposentadoria nessa condição.

Fonte: Informações Odia.ig / edição: Portal Rio Longá

Comentários Fechados.

Portal Rio Longá | Copyright © 2012-2014 | Todos os direitos reservados