Publicado em: 21/01/2019 às 22:32

Eleição na Assembleia terá voto secreto e três dias para inscrição de chapas

Os deputados estaduais se reuniram na tarde desta segunda-feira (21) para fechar as regras para eleição da presidencia na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi). O pleito acontece no dia 1º de fevereiro. Foi montada uma comissão de dez parlamentares que vai acompanhar todo o processo.

Na tarde desta segunda-feira (21) aconteceu a primeira reunião com os dois pré-candidatos ao cargo de presidente, os deputados Themístocles Filho (MDB) e Hélio Isaias (Progressistas). Entre as normas ficou definido que será voto secreto e em cédula.

Na reunião ficou definido que os dias 28, 29 e 30 de janeiro ficarão reservados para inscrições de chapas. Fazem parte da comissão os deputados Dr. Pessoa, Evaldo Gomes, Robert Rios, Flora Izabel, João Mádison, Severo Eulálio, Flávio Nogueira Junior, Marden Menezes e Fernando Monteiro. Pelo regimento interno, Themístocles Filho, mesmo sendo candidato, faz parte da comissão por ser presidente da Assembleia. 

O deputado João Mádison ressaltou que foi uma reunião normal para discussão das normas da eleição. Segundo ele, Themístocles tem o apoio integral dos deputados do MDB e PR, além de outros. “As conversas estão indo muito bem e o deputado Themístocles vai ser eleito com 19 a 21 votos. Está mais forte do que nunca”, comemora.

O emedebista tambem negou que exista a possibilidade de Themistocles renunciar. “Isso não existe. Como pode ter renúncia se ele vai ganhar a eleição?”, questionou.

Até o momento, Hélio Isaias tem o apoio da bancada do Progressistas e parte do PT.

Fonte: Cidadeverde.com

Deixe sua mensagem

Portal Rio Longá | Copyright © 2012-2014 | Todos os direitos reservados